1 de março de 2011

Bronca no Carnaval da Terceira...

Funcionários da empresa municipal Praia em Movimento interromperam Domingo, na localidade do Juncal, a actuação de um bailinho de Carnaval de idosos, alegadamente por discordarem do enredo.

O bailinho intitulado "Ai as calças do patrão" criticava a distribuição de cabazes feita pela empresa municipal.

Os colaboradores da empresa, entre sete a oito pessoas, invadiram o espectáculo e começaram a recitar quadras em contraponto ao que estava ser dito em palco.

Um dos funcionários já veio pedir desculpas no Facebook, alegando que agiu de cabeça quente.

A empresa dependente da Câmara da Praia da Vitória mandou instaurar um inquérito.

O PSD local já classificou o episódio como atentado à liberdade de expressão e pediu a demissão dos responsáveis pela Praia em Movimento.

A critica social e política é comum no Carnaval da ilha Terceira.

As danças e bailinhos - estão ano vão exibir-se perto de sessenta - são espaços de livre expressão popular, cujo condicionamento nunca foi bem aceite.

O episódio, contado na edição de hoje do jornal Diário Insular, está gerar grande discussão na Agualva, freguesia de onde é originário o bailinho de idosos.

0 comentários:

Ocorreu um erro neste dispositivo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Para o topo da página