13 de abril de 2012

Funcionário público confessa que "não fez nada" em 14 anos...



Um funcionário público alemão de 65 anos admitiu que "não fez nada durante 14 anos" num email que enviou como despedida aos seus 500 colegas de trabalho depois de saber que tinha sido despedido devido aos cortes.

No email, o funcionário que trabalhou desde 1974 como inspetor do Estado em Menden (norte da Alemanha) congratulava-se por ter ganho 745 mil euros por não fazer nada, segundo revelou o jornal 'Westfalen-Post'. "Desde 1998, estava presente, mas na realidade não estava. Por isso estarei bem preparado para a reforma. Adeus", escreveu.

Segundo o jornal britânico 'The Telegraph', a confissão deste funcionário público é "embaraçosa" para a Alemanha, já que o país está a liderar as exigências de cortes e de austeridade nos países da zona euro como Grécia, Espanha ou Portugal.

O funcionário, cujo nome não foi divulgado, acusou ainda as autoridade de criar estruturas ineficientes, comprar computadores que não serviam para nada ou contratar diferentes pessoas para fazer o mesmo trabalho. "Obviamente, beneficiei da liberdade que tive", escreveu.

Contactado pelo jornal alemão, o funcionário não quis falar do email, dizendo que este não era suposto ter sido revelado publicamente. Por seu lado, o presidente da câmara de Menden, Volker Fleige, diz ter ficado "furioso" com este caso. Até porque o trabalhador nunca se queixou de que não tinha nada para fazer. (É que é já seguir..."Chefe, tou farto de coçar as bolas todo o dia, quer-me arranjar algo para fazer!!!" Plos vistos a culpa tá no empregado, não no patrão! lolol)

As autoridades revelaram que o funcionário não será alvo de nenhum processo e que o seu posto não será ocupado por outro trabalhador, já que o despedimento surge devido à necessidade de cortes.

0 comentários:

Ocorreu um erro neste dispositivo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Para o topo da página